Luciano Pires – Um dos profissionais mais inteligentes e criativos que conhecemos.

1) Não basta ter um conteúdo pertinente e legal, esse conteúdo tem que ter lado, não pode ter isenção, tem que estar de acordo com seus valores e convicções. É importante sempre deixar claro a sua escolha de forma transparente, mesmo que seja desagradável para algumas pessoas. Não há como provocar a reação das pessoas sem um posicionamento transparente.

2)Isenção muitas vezes leva a um comportamento omisso e passivo diante de questões fundamentais, fazendo com que a postura seja de gente que só quer “pegar onda”, acompanhando as escolhas que tem aprovação pública, ou mesmo esperando não ter que absorver possíveis consequências. Ao invés de olhar o que é moral e ético, muitas pessoas preferem não escolher para não ter que lidar com perdas.

3)Nosso posicionamento não é apenas horizontal, onde existam apenas dois lados para se escolher. Devemos considerar também aspectos como valores, com respeitos as regras e leis, sem agir de acordo com os próprios interesses. Não devemos tolerar a imposição de vontades pessoais de quem está desrespeitando as leis em benefício próprio, seja qual lado estiver.

Deixe um comentário

Seu email não sera publicado.Campos Obrigatórios *

Café Insights © 2016